Juntos Somos
Mais Fortes

Uma associação para fortalecer o setor

NORMAS DGS

Fique a par de todas as novas Normas da DGS

ASSOCIADOS

Fique a conhecer todos os membros da nossa organização

NOTÍCIAS

Consulte todas as notícias publicadas no site

Torne-se associado APAC

Conheça as vantagens de se tornar um associado da APAC,
fale connosco.

ligue-nos agora

21 882 16 43

Últimas Notícias

Existimos para dar mais visibilidade
à profissão

A Associação Portuguesa de Analistas Clínicos (APAC) é uma associação de empregadores, sem fins lucrativos, que tem por objetivo a defesa e a promoção dos interesses dos seus sócios, regendo-se pelos seus estatutos e legislação em vigor.

A APAC tem por fins o estudo e a defesa dos interesses profissionais dos seus sócios bem como a melhoria da qualidade científica, técnica e económica dos laboratórios além dos interesses sociais dos utentes.

A Associação apoia os seus sócios com serviços próprios, designadamente nos domínios técnico, científico, organizativo e jurídico, promovendo cursos, seminários, congressos e outras manifestações de natureza pedagógica, científica e cultural.

A APAC tem sede na Rua Arco Marquês do Alegrete, Bloco B, Piso 4, Escritório 4.8, em Lisboa.

1
Anos ao serviço
da profissão
1
Associados
+ 1
Laboratórios e Postos
de Colheita

Descomplicar a Saúde

Nem sempre, variando conforme a análise em questão. Por exemplo, o hemograma simples, o INR e Vitamina D não necessitam de jejum. Contudo, ingerindo antes uma refeição rica em gordura, estas poderão interferir no doseamento das análises.

Não, o tempo é variável em conformidade com a análise a realizar. Regra geral, 8 horas são suficientes, todavia para análises prescritas ao colesterol e triglicerídeos a recomendação é de 10-12 horas. Não deve ainda ultrapassar as 12 horas de jejum.

Não, mas é necessário ter moderação, pois o excesso interfere nos exames de urina.

Sim, pois a ingestão de café (puro, com açúcar ou adoçante) pode fazer variar os valores basais.

Alguns sim. De referir, os antibióticos, os anti-inflamatórios e a insulina, por exemplo. Quaisquer que sejam os medicamentos que está a tomar, informe sempre a técnica de colheitas antes do exame. Caso possível, informe atempadamente o médico sobre a medicação em questão.

Sim. As vitaminas podem interferir nos exames laboratoriais. Por exemplo, a vitamina E interfere nos testes de agregação plaquetária enquanto a vitamina C altera a determinação da creatinina.

Sim, interferindo, por exemplo, na colheita de urina devido à existência de diversas hormonas e proteínas séricas presentes durante o ciclo menstrual. Assim sendo, e se de caracter urgente, a colheita pode ser realizada, adotando-se cuidados extra. É ainda importante que o médico saiba em que período do ciclo menstrual o exame laboratorial foi feito.

Os nossos Parceiros

Ordem dos Farmacêuticos

Geração Saudável Sénior

Instituto Nacional de Saúde Dr Ricardo Jorge

Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia

Laboratórios de Proximidade

Mantenha-se ligado à APAC